Arquivo para internet

Amigos, amigos, cidades à parte.

Posted in Tarefas with tags , , , , on novembro 17, 2010 by esapientia

Todos nós sabemos muito bem dos perigos de se teclar em um chat, principalmente para os mais inexperientes. Mas, e se essa nova forma de comunicação for usada de maneira sadia por ambas as peças atrás do teclado? Os mais conservadores dirão que somente cara a cara se consegue uma impressão fiel de uma pessoa, mas onde é melhor para ter a real personalidade exposta do que escondido pelo grosso pano do anonimato?

O relacionamento virtual, seja para amizade ou algo a mais, tem crescido muito nos últimos tempos e vários fatores contribuem para esse aumento. O tempo, cada vez maior, que se passa em frente ao computador, poderia ser considerado o mais influente deles, não fosse a imensa curiosidade, principalmente do jovem, de conhecer pessoas novas, de culturas e costumes que diferem dos seus.

Passando a tratar do relacionamento mais íntimo, este geralmente exige mais cuidado, pois para ser prazeroso e saudável tem como base um relacionamento não-virtual.

Mesmo não vendo quem está do outro lado, é sempre bom respeitar as pessoas como gostariamos de ser respeitados, respeitar algumas regras de convivência, e  saber balancear o real e o virtual.

Internet: uma vilã para as crianças?

Posted in Tarefas with tags , , , , , , on outubro 21, 2010 by esapientia

Na infinidade de conteúdos da internet, é fácil para uma criança, “tropeçar” em materiais inapropriados para sua fase de desenvolvimento. Além disso, na busca do convívio social, existem riscos de se depararem com pessoas agindo de má fé.

Prezando o bem estar dos filhos, muitos pais, costumam controlar o uso da internet. Mas até que ponto essa estratégia é válida? Exercido de uma forma moderada, esse controle é essencial para evitar danos, físicos e/ou emocionais. Porém o supercontrole é prejudicial, inibindo o desenvolvimento natural do indivíduo.

Certos pais não compreendem, ou aceitam, que atualmente a internet está cada vez mais presente no crescimento pessoal e intelectual, agregando informações e conhecimento, de diferentes e inusitadas formas.

Proibir o jovem de buscar o que ele deseja, não é o melhor caminho, pois a facilidade de acessar o conteúdo não permitido impossibilita os pais de exercerem o total controle. Na verdade, a criança ou jovem devem ser alertados sobre os riscos existentes e as possíveis consequências do mau uso da internet.

Mesmo com o avanço das tecnologias, a educação, baseada na conscientização e informação, supera a simples censura àquilo que os pais consideram inapropriado. A preocupação da família deve ser certificar-se de que a internet não inferir negativamente na qualidade de vida da criança.